terça-feira, 14 de agosto de 2018

Relato do Corredor André Ray sobre a Corrida Marines

Por André Ray
Rio de Janeiro
Nesse domingo dia 12 agosto 2018 foi realizada dentro do Parque Madureira a Corrida e Caminhada Marines com à seguinte distância de 5 Km, foi  a maior falcatrua, na primeira prévia do resultado fiquei em segundo na minha categoria, depois saiu outra prévia ficando em terceiro lugar, depois saiu outra ficando em quinto e pasmen depois saiu outro resultado e o meu nome não constava na lista, ae fui verificar novamente o resultado e verifiquei que os caras que foram ao pódio na minha categoria foi os que chegaram depois de mim, ou seja colocaram no meu lugar os alunos da assessoria da Marines em que eu cheguei na frente deles.
Não somente eu fui prejudicado nessa corrida, teve vários corredores que também foram, reclamaram do resultado e nada. Ainda fui em cima do organizador reclamar e o mesmo falou que isso acontece sempre a gente tem uma prévia e depois tem outra prévia, ai questionei para que então colocar chip? Quando passa no tapete não acusa? Eu cheguei na frente dos Corredores da Marines da minha faixa etária e depois mudaram o resultado várias vezes, imagina você organizando uma prova grande? Será um desastre.
O resultado também além demorar a sair, toda hora o locutor anunciava daqui à 10 minutos vamos divulgar os vencedores mas passou mais de 1 hora, detalhe teve um grupo de várias empresas que estavam lá que lá que tiram fotos e falou que às vezes acontece isso na prova deles, daí eu falei pô isso não é normal, dai o fotógrafo me falou lógico que não. E não somente eu fui o prejudicado, foram vários corredores que foram prejudicados também.
Foi a primeira e última vez que corro essa prova dessa organizadora Marines.  
Lamentável.😡

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Competição nº 430 - Circuito Oeste de Montanha - 3ª Etapa Onça 2018

Distância: 16 Km;
Tempo: 1 hora  49 minutos 33 segundos;
Local: Rio da Prata (Campo Grande) - Rio de Janeiro;
Colocação Geral:  9°;
Colocação  Faixa Etária:  1°;
Total de Corredores: 44 Corredores.













Foi realizado nesse domingo dia 12 agosto 2018 o Circuito Oeste de Montanha  -  3ª etapa Onça no bairro Rio da Prata, Zona Oeste do Rio em Campo Grande. Esse circuito contou com às seguintes distâncias: 7 e 16 Km. O Circuito Oeste de Montanhas é realizado em algumas trilhas do Rio de Janeiro (Barra de Guaratiba, Serra do Mendanha e Serra do Rio da Prata) sendo no total 7 etapas, com dois percursos diferentes. Esse Circuito é organizado pelo Vinicius Ultra daqui do Rio de Janeiro.
Kit da prova
Fui para essa prova com os amigos Léo, Jayna e Jaqueline obrigado amigos, chegamos no local por volta das 7:20h, pegamos o nosso kit acima e fiz um breve aquecimento antes da largada o organizador nos deu um briefing sobre o percurso e a prova e às 8:52 deu-se largada liguei rapidamente o GPS e lá fomos nós cada um no seu pace, subimos cerca de 100 metros, corremos alguns metros no plano e logo veio a descida e todos aumentaram a velocidade, chegamos no largo do Rio de Prata onde mais à frente contornamos à esquerda e pegamos a estrada das Taxas, não dá para saber com exatidão quanto corremo no plano mas fui correndo com cautela pq numa parte desta rua tem alguns quebra molas e não estão pintados de amarelos para não tropeçar e cair, logo em seguida veio uma subida enorme e com 1,6 Km já tinha gente andando na prova e inclusive os lideres já eu alternava corrida com caminhadas aliás como o percurso praticamente às subidas era bem íngreme nessa parte eu e alguns corredores alternavamos com corrida e caminhada, ainda mais que um dia tinha chovido e em algumas partes do percurso estava escoregadia e também muitas pedras todo o cuidado foi pouco para não cair e lá fomos nós subia mas do que descia...kkkk...Não me lembro bem mas durante o percurso fui eu e mais 3 corredores uns correndo no mesmo ritmo só na última subida íngreme que começamos a subir que foi se desfazendo e comecei a corre sozinho porém de vez e quando olhava para trás para ver se não via ninguém vindo querendo me ultrapassar. Após a última subida íngreme, veio a descida ufaaa que alívio...alívio nada no percurso além de algumas partes estarem escorregadia era a parte que tinha mais pedra e fui correndo descendo cautelosamente. Até que faltando uns 500 metros para a chegada vi uma fita zebrada e pensando que era para entrar naquele lugar e finalizar a prova porém a entrada era a outra não tinha percebido e voltei sendo que vi um corredor que estava chegando e fiz a volta novamente para tentar ultrapassá-lo mas já era tarde perdi uma posição na prova e fechei os 16 Kms opa no GPS marcou 13,48 Km a prova em 1 hora 49 minutos 33 segundos ficando em 9° Colocado Geral e 1° na minha Faixa Etária...Muito bom..
Na largada

Tão logo finalizei a prova falei com os amigos e iniciei um treino fazendo mais uma vez a Travessia Rio da Prata x Pau da Fome em Jacarepaguá, essa travessia é tão punk que devido o cansaço da competição e o percurso ter subidas bastante íngremes tive que alternar correndo e caminhando o percurso deu 10,3 Km em 3 horas 7 minutos...Ufaaa essa montanha é bem punk e não satisfeito decidi mais uma vez retornar para casa correndo. Então o longão de domingo foi 37,96 Km.
Algumas fotos do treino na Pedra Branca
Avaliação da Prova:
Inscrição:  R$ 70 reais a minha foigratuita...Ponto positivo;
Kit: Entregue no mesmo dia da prova. Recebemos: 1 número de peito com 1 chip descartável colado atrás do número, 4 alfinetes, 1 copo plástico e 2 pacotes de amendoins...Ponto positivo;
Guarda volumes: Não observei se tinha porque deixei a minha bolsa no carro do amigo Agilson (obrigado);
Altimetria: Difícil, pois o atleta tem que estar bem preparado, foi como falei no relato lá em cima até os líderes da prova caminharam em várias partes do percurso...Ponto negativo;
Percurso da prova: A prova iniciou no estacionamento farol da barra, corremos pelas ruas do Rio da Prata e nas trilhas da montanha do Parque da Pedra Branca, onde a Guarda Municipal cuidou do trânsito e a PM fez a segurança da prova, o percurso foi de asfalto e terra batida...Ponto positivo;
Posto de hidratação: A organização disponibilizou um ponto de hidratação na largada e na chegada e mais 2 durante o percusso com água em garrafas e copos de refrescos e também os corredores puderam contar com algumas fontes dágua durante o percurso...Ponto positivo;
Posto Médico: Não observei se tinha mas o organizador informou que tinha um enfermeiro no local da prova...Ponto positivo;
Banheiros: No local existe um comércio onde é servido café da manhã e uma feira ecológica e foram usados os 2 banheiros locais...Ponto positivo;
Lanche: No local foi montada uma farta mesa com banana, tangerina, pães, queijos e amendoim à vontade...Ponto positivo;
Medalha de participação: Todos os Corredores que cruzaram a linha de chegada receberam um lindo medalhão de metal redonda vazada medindo 8,5 cm de altura x 8 cm de largura conforme foto lá em cima, na frente vindo escrito o nome da prova, um desenho de um corredor correndo nas montanhas e vindo com uma fita personalizada escrito o nome da prova,...Ponto Positivo;
Premiação: de prova:  A organização da prova premiou os 3 primeiros colocados no geral Masculino/Feminino com lindos troféus de metal...Ponto positivo;
Premiação na Faixa Etária: Para quem conseguiu se classificar em suas Faixas Etárias o organizador informou que a premiação será depois enviada pelos Correios...Ponto positivo. Mas sugiro que a premiação se faça no mesmo dia;
Resultado da Prova: A empresa CRONORIO foi quem cronometrou a prova, tão logo chegávamos os atletas puderam ver o resultado na tela da tv e o resultado se encontra no site www.cronorio.com.br ...Ponto positivo;
Prova: Correr nesse Parque Estadual da Pedra Branca é bem punk mas só em correr junto à natureza é tudo de bom. Uma prova boa de se correr e com custo baixo e recomendo. Parabenizo o Vini e os Staffs que com poucos recursos financeiros realizou uma boa prova...Obrigado e parabenizo a todos que correram nessa etapa,

Nos vemos na linha de largada.

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Competição nº 429 - 17° Troféu Tenente Brigadeiro Aquino Granja 2018

Distância: 4,1 Km;
Tempo: 17 minutos 10 segundos;
Local: Diretoria de Administração da Aeronáutica - Rio de Janeiro;
Colocação Geral: 4°;
Total de Corredores: + 100 Corredores.
Mês de agosto na Força Aérea é comemorado o dia da Intendência e nessa quinta-feira dia 9 agosto 2018 foi realizado a 17 °edição da Corrida do Troféu Tenente Brigadeiro Intendente Aquino Granja, dentro da Diretoria de Administração da Aeronáutica no bairro de Marechal Hermes - Rio de Janeiro.

Nesse torneio os 3 primeiros colocados vão somando pontos para sua equipe e no final vence a equipe que pontua mais. Dentro desse torneio além da Corrida também teve o vôlei e o futebol é claro que participei somente da corrida...hehehe...Pois esta corrida só foi para os militares que são da DIRAD e suas respectivas unidades subordinadas. Esse quartel fica à 1 Km da rua onde moro, como moro pertinho fui andando cheguei lá às 7:30 horas.
Kit da prova
Não gosto de correr pequenas distâncias porque quando a corrida acaba o corpo aquece, prefiro correr o dia inteiro, mas fui lá ajudar a equipe do quartel que sirvo a ganhar mais pontos. Por volta das 8 horas nos foi dado um briefing da prova e nos foi falado que teríamos que dar 4 voltas e meia em torno do prédio da DIRAD. A corrida foi dividida em 3 baterias  20 a 29 anos, 30 a 39 anos e de 40 em diante.

Com o tempo nublado e fazendo uma boa temperatura às 8:52 horas foi dada à largada liguei o meu GPS e lá fomos nós correndo, já começamos à correr subindo, larguei forte e era o segundo colocado geral, até a metade da primeira volta atrás do prédio da DIRAD já tem uma subida bem íngreme subimos e teve um posto dágua com água em copo dágua gelado na primeira volta resolvi não pegar água, descemos e passei no referido posto de controle e arranquei o número pequeno do peito e joguei no balde e o Soldado Staffs iam anotando o nosso número quando passávamos e começamos a subir novamente foi quando fui ultrapassado ficando e 4° colocado geral, o segundo ultrapassou o primeiro colocado e disparou na prova, tentei forçar o máximo possível mas com cuidado para não pisar em falso na subida que o percurso era de grama mas tinha alguns pequenos buracos. Realizei a segunda, terceira volta e verifiquei o que o terceiro tinha diminuído a velocidade e tentei ultrapassar mas ele deu aquela olhada para trás e viu que eu estava tentando ultrapassar e aumentou a velocidade. Completamos a quarta volta e fomos fechar á última volta. Fechei a prova em 4° colocado geral, quando cruzei a linha de chegada vi que o percurso não tina dado 4,1 Km como a organização no falou e sim dando 3,84 Km.
Na largada
Avaliação da Prova:
Inscrição: Foi gratuita para todos...Ponto positivo;
Kit: Entregue no mesmo dia da prova. Recebemos: 1 camisa, 1 número de peito, 4 alfinetes e 4 números pequenos para controle durante o percurso...Ponto positivo;
Guarda volumes: Não foi necessário ter, pois os militares deixaram em seus pertences em seus respectivos armários;
Altimetria da prova: Média...Ponto positivo;
Percurso da prova: A prova iniciou em frente ao prédio da DIRAD e demos em volta dela 4,5 voltas, percurso foi e asfalto e grama e balizado com staffs...Ponto positivo;
Posto de hidratação: Muito bom, a organização colocou 1 ponto de hidratação na metade do percurso e outra no final com copos dágua gelados...Ponto positivo;
Posto Médico: A unidade militar disponibilizou 2 ambulâncias com equipe médica uma na largada da prova e a outra na metade da prova...Ponto positivo;
Banheiros: Na largada usamos o banheiro do quartel...Ponto positivo;
Lanche: Recebemos água em copos gelados, 1 garrafa de gatorade gelado, bananas e bananada à vontade...Ponto positivo;
Medalha de participação: Não houve...Ponto negativo;
Premiação: de prova:  Só será premiado com medalhas os 3 primeiros de cada modalidade e a unidade militar vencedora receberá um troféu no dia 17 agosto 2018 junto com a formatura...Ponto positivo;
Premiação na Faixa Etária: Não teve...Ponto negativo;
Resultado da Prova: A Não foi divulgado, mas a organização anotou a chegada e o tempo de todos...Ponto negativo;
Prova: Como falado no post não gosto de correr pequenas distâncias porque quando a corrida acaba o corpo aquece, prefiro correr o dia inteiro, fui lá ajudar a equipe do quartel que sirvo a ganhar mais pontos, pois serviu como treino de velocidade. Sugiro que melhore os pontos negativos acima e até a próxima.
Parabenizo a todos  Intendentes pelo seu dia!!!

Nos vemos na linha de largada.

quarta-feira, 8 de agosto de 2018

2ª Meia Maratona Nacional da Advocacia ultrapassa a marca de 1.100 inscritos

Por Nicole Gois
Somma Comunicações

Interessados podem se inscrever até 24 de agosto. Veja dicas de performance para as provas

Neste último mês de inscrições para a 2ª Meia Maratona Nacional da Advocacia, organizada pela Caixa de Assistência dos Advogados do Rio de Janeiro (CAARJ), 1.168 atletas já garantiram sua vaga para a corrida. Os advogados, estagiários de Direito e amantes do esporte poderão disputar as provas de 21K, 10K e 5K e a tradicional Caminhada da Advocacia. As inscrições vão até o dia 24 de agosto.

Para se inscrever, é só acessar o site www.corridanacionaldaadvocacia.com.br. Para as provas de 21K, 10K e 5K, o valor da inscrição para advogados e estagiários de Direito é de R$ 95, e para o público em geral, R$ 125. A corrida, organizada em parceria com a Coordenação Nacional das Caixas de Assistência dos Advogados (Concad), será disputada no dia 2 de setembro, com largada na Praia de Copacabana.

Dicas de performance
A prova de 21K terá um desafio a mais para os competidores, já que o percurso passará duas vezes pela Avenida Niemeyer e os atletas enfrentarão as subidas e descidas do caminho, que liga os bairros de São Conrado e Leblon, de forma dobrada. “O mais difícil é a volta da Niemeyer. A subida mais acentuada acontece depois de percorrer mais de 10 quilômetros. Treinamentos em ladeiras fazem a diferença para quem quer deslanchar. Em descidas íngremes, diminua a passada e concentre-se em dar passos rápidos e leves”, aconselha Miguel Almeida, treinador do projeto CAARJ Performance.

Já para a prova de 10K, a dica é manter a estratégia e se hidratar. “A distância de 10k é a preferida dos brasileiros, talvez pela combinação mágica de velocidade com estratégia. Ela exige compromisso e regularidade nos treinos, mas a preparação não é tão desgastante quanto a da meia maratona”, explica Almeida. O professor ainda relembra os atletas sobre a hidratação, e alerta: muito cuidado ao atravessar os postos de água. “As pessoas podem cruzar a pista desatentas a fim de pegar água e isso pode provocar acidentes”.

Em distâncias curtas e que privilegiam a velocidade, como a de 5K, Miguel sugere que os participantes façam um aquecimento mais forte antes da prova. “Além de preparar o corpo para correr, vai deixá-lo mais alerta e confiante ao ouvir a buzina da largada. Cuidado ao ultrapassar outros atletas; seja visto e faça-os perceberem que está no encalço deles”, conclui.

terça-feira, 31 de julho de 2018

A minha outra metade

Por Julio Cordeiro
Maratonista Pernambucano

Hoje, o dia dos meus 50 anos foi muito especial. Uma data verdadeiramente mística. 
E como eu vou viver até os 100 anos, quis dar um passo especial pra essa outra metade que me resta.

E Deus é tão bom na minha vida que me presenteou com a oportunidade de dar muitos passos nesse abençoado dia 29/7/2018.

Hoje, exatamente no dia dos meus 50 anos, corri 45582 passos pelo MEU GPS  e fiz a minha maratona/ultra de número 101.

Esse 1 do 101 é um novo começo, uma nova história…

A contagem agora é regressiva eu sei, mas não estou triste…

Sempre gostei da competição que a corrida proporciona. 
Quero competir até os 100. 
Gosto de ganhar, por isso escolho sempre pessoas gordas e mais velhas pra competir. 
Eu vejo um desses na largada e falo: vou ganhar, e...
Quase sempre ganho!!!

Mas hoje, fui desafiado por um competidor muito mais poderoso e invisível: O TEMPO
Na realidade, o tempo que me resta...
Os meus outros 50 anos...

Meu rival, O TEMPO, tem características imbatíveis: Nunca vai morrer, e é implacável com todos nós. Muito chato…

Eu um simples mortal, mago véi do buchão de guaru e ainda bebedor de cervejas. 
Que competição desleal...

Na largada ele estava ao meu lado. 
No km 25, o vejo um pouca a minha frente. Na verdade, a sensação que eu tinha é que ele estava em todo lugar…

No KM 32 ele me diz seguramente que foi essa hora que 50 anos atrás eu nascia em Tabira, sertão do Pajeú Pernambucano.
Ele parece saber tudo…

No final, nos 42kms ele estava lá do meu lado. Cruzou a fita comigo, mas me confidenciou que passou também horas antes com o Queniano que ganhou a corrida. Muito exibido…

Eu lá, morto de cansado e ele todo mostrado, impassível...

O resultado???
O tempo que fizemos na corrida? 
Pouco importa. 
Perdi pra uns milhares de corredores desconhecidos mas ganhei mais  de uma dezena de novos amigos e fortaleci as amizades antigas. 

É isso que a gente leva…

Ele, o senhor TEMPO” me deu mais esse momento bom, essa oportunidade de ser melhor a cada dia. 

Eu entrei nessa competição pra fazer mais amigos e viver com qualidade de vida a minha outra metade. E “ele” me proporcionou isso mais uma vez. 

Ele, O TEMPO, sabe que eu sou apenas mais um que luta contra ele. 
Mas ele me conhece e sabe que eu luto diariamente pra ganhar e estar bem nesses outros 50. 

Então digamos que competimos em alto nível. O resultado foi um EMPATE. 

Ele muito benevolente, me deixou ganhar nos pênaltis, e agora passou a ser meu amigo e aliado. 

Já gastei exatamente 5 horas horas da outra metade que eu tenho até escrever esse texto aqui, e já sinto que essas horas pra mim , têm outra dimensão agora. 

Um sabor melhor de quem sabe que tem que aproveitar mais, cada momento bom que a vida nos reserva. 
A família e os amigos estarão agora cada vez mais próximos.

Me sinto um grande vencedor.

Essa vitória é NOSSA meu amigo TEMPO. 

Já ia esquecendo…
Obrigado pela metade de antes. 
Foram 50 anos muito felizes…

Agora sou eu que estou nesse rol dos cinquentões e poucos fazem essa loucura de correr maratonas.
E o melhor é que fazemos por amor, paixão, tesão…

Que essa contagem regressiva dos meus outros 50, seja repleta de mais histórias interessantes pra contar aos meus futuros netos e bisnetos.

Conto novamente com sua ajuda meu amigo, TEMPO. 

E viva a outra metade!!!

Relato do atleta João Cláudio sobre o 7° Ultradesafio Sana 80K 2018


16ª Corrida Oficial - 7e° Ultradesafio Sana 80k - Corrida de Montanha
Data: 28.07.2018;
Largada: Praça da Igreja de Sana;
Horário da largada: 5 horas da manhã;
Chegada: Praça de Glicério;
Classificação por Faixa Etária: (não teve faixa etária);
Classificação Geral (Masculino e Feminino): 21°;
Total de participantes: 50;
Tempo oficial em atividade: 12 horas 02 minutos 45 segundos;
Elevação: 708 metros;
Altimetria: 2.488 metros;
Tipo de piso: Terra batida, paralepipido, asfalto e trilha;e e
Nível percurso: Difícil, Intenso.
A corrida já começou do dia anterior, pois saímos do RJ e fomos para Sana/Macaé 215km, sendo umas 3:30 horas ida. Chegando na pousada Sanadum que fica no centro de Sana, onde estava quase todos os atletas da Ultra hospedado, deixamos as bolsas fomos dar uma volta no centro de Sana e demorou uns 12 minutos isso por que ainda fomos fazer um lanche.
A noite fomos para o Congresso Técnico, para sabermos informações de sinalização, percurso, os pontos de controle e ponto de corte, depois disso um excelente jantar de confraternização.
Dia D, acordamos às 3:30 da manhã, já começamos a nos equipar, às 4 horas café da manhã e às 5 horas à largada, na largada descemos uns 850 metros e subimos a mesma distância passando pela largada novamente e seguimos em frente rumo a vitória.
A minha estratégia foi conquistar 10 kms de cada vez, assim que chegamos nos 10 primeiros kms, aí pensava nos próximos 10 kms, nos 20 primeiros kms corri com um colega, porém tive que alterar a estratégia para que ele conseguisse chegar até o ponto de corte com conforto, deu certo pois já estávamos no km 51 com o horário de 12 horas (meio dia), mas tinha 12km pela frente (com elevação nos primeiros 6km ida e 6 km volta), nesse percurso novo tínhamos que pegar a pulseira de identificação, na parte mais alta, se não pegasse a pulseira já era eliminado automaticamente.
Tínhamos que passar no ponto de corte no km 63 até às 15:30 horas e tínhamos ainda 3:30 horas para fazer 12 kms o que nos deixou bastante confortáveis, pois combinei com ele que iria garantir a sua passagem pelo ponto de corte e depois da li iria seguir meu ritmo, cumpri a minha missão com louvor, pois "Missão assumida é missão cumprida".
A frente encontrei com o meu querido amigo Ambrósio, Cirilo e Leandro e vim seguindo o pace deles, passamos pelo tempo de corte com 2 horas de antecedência e fomos em direção ao Gran finale, mas estavamos indo para a parte mais dura da corrida, pois a subida era de trilha, mas Deus como sempre me abençoou e conseguir subir bem dei umas duas paradas, quando cheguei perto do topo a mochila de hidratação quase não tinha mais água, tinha uma mangueira atravessando a pista fui ver se tinha água, mas nada, mais a frente tinha uma fonte d'água abençoada e eu e o Cirilo abastecemos e fomos em direção ao PC 71 que era o topo da montanha e agora é só descida, um pouco técnica, depois descida de terra batida e indo para cidade chão de paralepipido e vamos para conquistar os 80km.
No último minuto ainda soltei um Sprint, e o amigo chegou na minha frente 1 segundo. Após à chegada nos abraçamos e fui recepcionado pelo meu amorzinho com a medalha dos 80km e em seguida com um generoso prato de macarrão e uma coca cola e logo depois minha linda Lu me trás uma cerveja super gelada, que desceu super bem, a cerveja estava na minha cabeça nos últimos 15 kms.
AGRADECIMENTOS:

1) Agradecer a Deus por ele me dar a oportunidade levantar a cada dia e de fazer o esporte que amo;

2) Ao meu irmãozão Jorge Cerqueira, você é parte dessa minha conquista pessoal, pois sempre que era possível me chamava para os treinos pesados (treinos brutos, sem mimimi) e sempre me posiciona das corridas que iriam ter. Irmão obrigado por tudo e obrigado por você ser essa pessoa maravilhosa. O esporte que amamos tem a honra de ter você como atleta de ponta, pois é bruto (casca grossa) , mas de humilde gigantesca. Grande abraço irmão e que Deus o abençoe cada vez mais.
3) Agradecer também a minha Lu, que é mais uma das pessoas maravilhosas que faz parte da minha vida e está sempre comigo nas corridas de montanha. Beijo grande.
34) Agradecer a ASCOM pelo belíssimo evento e profissionalismo parabéns a toda equipe.
Avaliação da Prova
Retirada do kit;

No dia do congresso técnico (ponto positivo);

Hidratação durante a corrida;

4 pontos de hidratação com água mineral, coca cola, paçoca, amendoim, bananada e banana (ponto positivo);

Sinalização: Staffs, fitas e marcações no chão (ponto positivo);
Hidratação pós prova: Hidratação com água, coca cola, bananada, paçoca, cream Cracker, azeitonas e um delicioso prato de macarrão (Ponto Positivo);
Pódio Geral: Para os 5 primeiros masculino e feminino (ponto positivo);
Troféus e Medalhas para quem completou os 80k; e

Tênis utilizado foi o Sprint, o melhor tênis que utilizei até o momento.