segunda-feira, 18 de junho de 2018

Treino no Parque Estadual da Pedra Branca em Jacarepaguá

E dando continuidade aos treinos de montanhas e também visando os 80 Km de montanhas de Sana em Macaé no final do mês de julho, nesse domingo dia 17 junho 2018 Eu, Barros e Casini fomos treinar no Parque Estadual da Pedra Branca em Jacarepaguá. O domingo estava com a temperatura amena e fazendo um pouco de frio. Treinar nessa montanha é bastante punk e bota punk nisso, a cada metro que subimos fica bem íngreme e devido a erosão do solo por causa dos caras que fazem trilha de motos e das chuvas tem parte do percurso que fica  impossível de correr e ainda mais que um dia antes choveu bastante deixando o terreno bastante com lama e muito escorregadio o que tornou a subida e a descida mais lento, tendo que ter bastante cautela. Dessa vez iniciamos o treino em frente as furnas às 7:20h da manhã. Subimos e fomos até a casa de pedra que tem lá em cima e descemos e iniciamos outra subida correndo até o topo da antena e iniciamos a descida até o Bairro Rio da Prata durante a descida também descemos correndo devagar além do terreno escorregadio nessa parte tem muitas pedras com limo o que dificulta a correr forte, também durante a descida passamos por uma pequena cobra que parecia ser um graveto mas era um filhote de jararaca, mas graças à Deus não aconteceu nenhum acidente conosco, chegamos na feira orgânica que tem no Rio da Prata nos abastecemos e tornamos a subir pelo outro lado da Pedra Branca, também nessa parte é muito íngreme e com muitas pedras durante o percurso o que dificulta também a correr rápido e fomos intercalando com corridas e caminhadas.

Durante a subida nos deparamos com alguns amigos que estavam no treino de montanha do Circuito Oeste de Montanhas, falamos rapidamente e voltamos novamente a correr até chegar na entrada da trilha que da acesso ao ponto mais alto da trilha da Pedra Branca (1.30 metros de altitude), chegamos numa parte da trilha que tinha uma bifurcação que estava sem placas e o amigo Barros disse vamos seguir em frente, mas o certo era para nós irmos para a direita, erramos o percurso correndo uma boa parte, indo para a esquerda contornamos a trilha e chegamos em outra bifurcação já nessa bifurcação já tinha a placa indicando o percurso certo, já era por volta das 13:30h e iniciamos a outra parte da descida cada vez mais ingreme até  que o Casini gritou estou com fome e cansado melhor retornarmos, disse já que estamos aqui e falta 500 metros é melhor prosseguir, não deixei o fator negativo aflorar, já os dois que estavam subindo mais atrás gritaram vamos retornar e te esperar no carro, lá em cima na pedra onde tem a cruz fiz uns registro e retornei a descendo correndo rápido para ver se conseguia encontrar com os dois, corri todo o percurso e nada de encontrar os dois, cheguei no ponto de onde iniciamos o treino nas Furnas vi os dois carros lá e nada deles, peguei no celular, liguei para eles e para a minha surpresa os dois viram uma bifurcação e ficaram na dúvida para onde ir se ia para a direita ou para a esquerda em vez de me aguardar pegaram a da esquerda e foram parar no Rio da Prata novamente...putz...rsss...Como terminei o treino às 15 horas com 37 Kms de montanhas percorridos e era o jogo do Brasil na Copa do Mundo e sem nenhuma van rodando, resolvi retornar para casa correndo dando mais 14 Kms no final acabei correndo 51 Kms...Ufaaa...hehehe. 
Inicio da subida
Subida bem hot
Já nessa parte já não se via mais nada devido a neblina
Na casa de pedra
Na divisa de Jacarepaguá x Campo Grande
Uma cobra durante o percurso, parecia um graveto
Chegando em Rio da Prata - Campo Grande
Retornando a subida novamente
Na cachoeira no Rio da Prata
Encontrando com os amigos no treino do Circuito Oeste de Montanha
E vamos retornar a correr
Indo até o ponto mais alto da trilha
Ufaaa cheguei
Passando pela Casa Amarela
Chegando na Sede da Administração do Parque
Retornado para casa correndo
Bom além do treino físico foi também um ótimo treino mental para mim porque lá em cima veio a adversidade com os amigos querendo que eu retornasse e também a parte final do treino retornando para casa correndo. Mas foi um bom treino de montanhas.

domingo, 10 de junho de 2018

Competição nº 424 - 2° Aniversário dos Corredores Cristãos 2018

Distância: 5,36 Km;
Tempo: 23 minutos 21 minutos e 13 segundos;
Local: Campo do Gericinó;
Colocação Geral: 58°;
Colocação Faixa Etária:  6°e
Total de Corredores: 700 Corredores.
 
Nesse final de semana Domingo dia 10 junho 2018 foi realizado a 2ª edição da Corrida dos Corredores Cristãos, dentro do Campo do Gericinó - Rio de Janeiro;

Após uma semana ter competido no Desafio da Maratona do Rio (21 Km + 42 Km) e na última sexta-feira ter corrido os 26 Km da Corrida da Barra competi nesse final de semana nessa prova, pois não tem como ficar de fora dessa prova que é especial que além de promover a saúde, leva a palavra de Deus a todas pessoas mesmo cansado compareci e correr dentro do gericinó é bom demais.
Kit da prova
O dia amanheceu com o clima ameno, fez sol mas não esquentou, bom para correr. Como moro próximo do local, aproveitei para ir pedalando, cheguei lá às 8 horas e já aquecido o bom de morar perto é vantajoso, guardei a minha bolsa no guarda volumes e como já estava aquecido fiquei aguardando a largada. Antes da largada o organizador LucaS Gil proferiu algumas palavras, falando da superação dele e das vitórias com Cristo e independente do credo religioso pediu a todos que fizessem uma oração e todos fizeram, logo após a oração foi dada à largada, pois a largada foi meio tumultuada não por culpa da organização e sim dos próprios corredores mas velhos que insisti em ficar na frente, na largada, fiquei ligado para não pisar e não ser pisado por ninguém, mas graças à Deus nada aconteceu. 

Pois larguei forte mas o corpo não respondia devido o cansaço das competições anteriores, mas procurei dar o meu melhor na corrida, fazendo o que pude, dessa vez uma parte do percurso foi diferente do ano passado mas encaramos, veio as pequenas subidas, já nas decidas procurava aumentar mais o ritmo mas o corpo não respondia e prossegui no ritmo que estava até concluir a prova. Finalizei a os 5,36 Km em 23 min 13 seg em 58° geral e 6° na minha faixa etária. Segundo o organizador a prova teve que mudar o percurso de última hora nos falando que em vez de 6 Km iriamos correr 5,5 Km mas no meu Gps marcou 5,36 Km.

Segue minhas parciais por Km:
01°  Km 4 min 00 seg;
02° Km⇨ 4min 27 seg;
03° Km⇨ 4 min 36 seg; 
04° Km⇨ 4 min 31 seg;
05° Km⇨ 4min 41 seg; e
Total 23 minutos e 21 segundos.
Obrigado meu Deus!!!
Avaliação da Prova:
Inscrição: R$ 45,00 reais. Ideal o preço...Ponto positivo;
Kit:  O kit foi distribuído um dia antes em um Shopping de Nilópolis os corredores puderam optar pelo kit completo: 1 sachochia, 1 camisa, 1 viseira, 1 número e 1 chip descartável, já o kit básico foi apensa 1 número e 1 chip descartável, optei pelo kit básico...Ponto positivo;
Guarda volumes: A organização disponibilizou um local para guardar os pertences dos corredores, onde os Staffs colocavam nossos pertences dentro de uma sacola plástica grande e pegavam o pequeno número junto ao número de peito e colocava nessa sacola. Tanto na entrega como na devolução não tive problemas algum...Ponto positivo;
Altimetria da prova: Apenas com duas subidas leves...Ponto positivo;
Percurso da prova: A largada deu-se na praça de administração do Gericinó, onde um batedor de moto abriu o percurso, onde corremos 90% no asfalto e 10% na terra batida...Ponto positivo;
Posto de hidratação: A organização disponibilizou 3 ponto de hidratação em copos dágua fechado e gelados 2 no percurso e 1 na chegada...Ponto positivo;
Posto médico: A organização da prova disponibilizou na largada 1 ambulância com equipe médica...Ponto positivo;
Banheiros: A organização disponibilizou 4 banheiros químicos no local da prova...Ponto positivo;
Lanche: Ao cruzarmos a linha de chegada recebemos uma caixinha lacrada com 2 barras de cereal, 1 barra de goiabinha, 1 pacote de amendoim, 1 banana, 1 maçã, 1 garrafa pequena de isotônico, 2 copos dágua e uma mesa com salgados e bolo...Ponto positivo;
Medalha de participação: Todos os atletas que cruzaram à linha de chegada de forma legal, receberam uma linda medalha de metal vazada na frente vindo escrito o nome da prova, desenho de um corredor, uma mensagem bíblica, vindo escrito finisher, vindo escrito o nome da Assessoria dos Cristõs e contato, já a fita personalizada com o nome da Equipe de Corredores Cristãos...Ponto positivo;
Premiação da prova: A organização da prova premiou os 5 primeiros colocados no geral no Masculino e Feminino com lindos troféus e brindes...Ponto positivo;
Premiação na Faixa Etária: A organização premiou os 3 primeiros colocados das faixas etárias no Masculino/Feminino com troféus...Ponto positivo;
Resultado da prova: A prova foi cronometrada pela Empresa de Cronometragem Paquetá Vip, o resultado na hora só foi divulgado para os Corredores da Geral e das Faixas Etárias e mais tarde a listagem geral foi divulgada em sua página no Facebook...Ponto positivo...O ideal é que imprima também o resultado da geral e divulga na hora também, fica a dica;
Prova:  Prova sensacional de correr e foi para uma boa causa, percebi que em relação ao ano passado a prova cresceu muito dando bons corredores, como estava cansado das competições anteriores esse ano não deu para conseguir um pódio como ano passado. Ao final da prova houve vários sorteios a organização da prova deu show, recomendo a todos correrem à próxima edição. Parabéns ao Lucas Gil e toda sua Equipe de Corredores Cristãos que Deus continua abençoando todos vocês.

Nos vemos na linha de largada.🏃🏃🏃

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Competição nº 423 - XXXI Corrida da Barra 2018

Distância:  26 Km;
Tempo:  2 horas 25 min 05 seg;
Local: Vila Militar de Deodoro ao Recreio - Rio de Janeiro;
Colocação Geral:  Não teve;
Colocação Faixa Etária:  Não teve; e
Total de Corredores:  557 Corredores (Entre Militares e Civis).

Em comemoração ao aniversário do 8° Grupo de Artilharia de Campanha Páraquedista, unidade militar situada na Vila Militar de Deodoro, foi realizada na madrugada dessa Sexta-feira dia 8 junho 2018 à XXXI Corrida da Barra.

Esta corrida foi realizada pelo 8° GAC Pqdt e tem como objetivo: Cultuar e manter a tradição criada por esta Organização Militar visando também o congraçamento das Forças Armadas, seus ex-integrantes, das Forças Auxiliares e o público civil

Já é o segundo ano que participo dessa confraternização, conforme no relato anterior não é uma corrida competitiva (bom que fosse) é uma corrida de confraternização onde o Comandante da unidade vai à frente puxando os Corredores e todos vão correndo em pelotões num pace de 6:30 min por km. Diferente dos anos anteriores onde à chegada era na Praia da Barra este ano a organização da prova teve que mudar o percurso, onde a mesma encerrou no posto 9 da Praia do Recreio dos Bandeirantes.

Kit da corrida
Bom como eu e o Casini moramos próximo do local da corrida uns 2 Kms, marcamos de sair de casa às 1:30h da madrugada e fomos caminhando. Chegamos no local já encontravam vários amigos Corredores formados em pelotões e um dos oficiais ao microfone dando os briefing aos corredores. Às 2 horas da manhã com um tiro de canhão foi dada à largada, quem estava próximo do canhão levou um baita susto devido o tamanho do barulho😂😂😂. Durante o percurso como sempre fui destacado dos demais corredores, fui fazendo um treino de velocidade, ia e voltava correndo filmando...Pude perceber que minha popularidade está alta entre os Corredores que gritavam o meu nome a todos instantes..😂😂😂.


No final da Vila de Deodoro lá pelos 4 Km chegamos num ponto de hidratação, hidratamos e prosseguimos em frente correndo, logo chegando na Via Transolímpica, todos adoraram, porque nessa via infelizmente só pode passar automóveis, quando foi criada esqueceram de criar uma ciclovia para os Corredores e Ciclistas como fizeram na Barra da Tijuca lamentável. Continuamos correndo, passamos pelo pedágio, túneis e prosseguimos em frente todos cantando as canções militares e notei que o ritmo dessa vez baixou para os 5 min 30 seg ainda mais como em alguns trechos dessa via tinha algumas descidas, corremos todas a extensão dessa via e chegamos no Recreio e fomos em direção ao Posto 9 da praia do Recreio chegando por volta das 4 horas da manhã, no meu GPS marcou 24,600 Km, já de outros Corredores marcou 25 Kms mas como há diferença entre os GPS está valendo. Em relação ao ano passado percebi como o percurso foi mudado percebi que a corrida foi mais rápida. Tão logo chegamos no Recreio peguei a minha medalha coloquei no pescoço, registrei algumas fotos, hidratei com água, gatorade e algumas frutas. Depois de alguns minutos todos os Corredores foram reunidos na areia da Praia do Recreio onde o Coronel Comandante 8° GAC Pqdt, proferiu algumas palavras agradecendo a todos e logo em seguida embarcamos nos ônibus de retorno.
Algumas fotos da Corrida

Avaliação da Prova:
Inscrição: R$ 85,00 reais. Feito através de um site, corrida barata então considero como...Ponto positivo;
Kit:  O kit foi distribuído para os corredores dois dias antes e no próprio dia da corrida no quartel do 8° GAC na Vila Militar do Exército em Deodoro, recebemos: 1 sacochila de pano, 1 camisa de dry fit, 1 viseira e 1 medalha da corrida, não houve nenhum problemas na retirada...Ponto positivo;
Guarda volumes: A organização disponibilizou no próprio quartel um local para para guardar os pertences dos Corredores, sendo que eu não precisei utilizar o guarda volumes...Ponto positivo;
Altimetria da prova: Leve...Ponto positivo;
Percurso da prova: Largamos de dentro do quartel 8° GAC, correndo toda a extensão da Vila Militar do Exército, Via Transolímpica e finalizando na orla do Posto 9 do Recreio. Mas antes que alguém pergunte como que o nome é Corrida da Barra se terminou no Recreio, então poderia ser chamado Corrida do Recreio....Explicando há 31 anos a corrida terminava na areias da praia da Barra da Tijuca, mas há 31 anos muitas coisas mudaram na cidade do Rio e o 8° GAC teve que fazer essa mudança de percurso para não atrapalhar o trânsito na Barra da Tijuca, já no Recreio não atrapalha e segundo o Major Caciano organizador dessa corrida, informou que Tradição não se muda e o nome continuará Corrida da Barra. O trânsito foi fechado pelos batedores do Exército com motos e na Via Transolimpica foi fechado pelos funcionários dessa Via...Ponto positivo;
Posto de hidratação: O Exército disponibilizou durante o percurso alguns pontos de hidratação com água em copos gelados e 1 de isotônico em saquinhos, pois não contei quantos pontos de hidratação tinha, mas foi suficiente para os corredores se hidratarem corretamente e na chegada teve mais 1 posto de hidratação com copos de água, gatorade em garrafas gelados e a vontade para os Corredores...Ponto positivo;
Posto médico: A Exército disponibilizou algumas ambulâncias móveis com Equipes Médicas na largada, durante o percurso e na chegada...Ponto positivo;
Banheiros: A organização disponibilizou banheiros dentro do quartel, vários banheiros químicos numa parte da Transolímpica e na chegada...Ponto positivo;
Lanche: A concluirmos a prova o Exército disponibilizou 2 barracas enormes com mesas com várias frutas (tangerinas, melões e melancias)...Ponto positivo;
Medalha de participação: Ganhamos junto com o kit uma lindo medalhão de metal na frente vindo o desenho do brevet do páraquedista com um canhão, escrito o nome do 8° Grupo  de Artilharia de Campanha Páraquedista, XXXI Corrida da Barra 2018 - 26 K,  atrás também vindo com o desenho do brevet do páraquedista, vindo escrito Casa dos Canhoneiros Alados, Grupo Aeroterrestre...Ponto positivo;
Premiação da prova: Não tem como avaliar esse item porque não é uma prova competitiva;
Premiação nas Faixas etárias: Não tem como avaliar esse item porque não é uma prova competitiva;
Resultado da prova: Não tem como avaliar esse item porque não é uma prova competitiva e não houve cronometragem; e
Prova: Mais uma vez gostei muito de correr essa corrida junto com os amigos corredores, serviu como um bom treino na madrugada para as Ultras. Uma corrida diferente que vale a pena a confraternização e recomendo a todos corredores a correrem a próxima edição dessa corrida. Gostaria de ressaltar quando abrir as inscrições em 2019 que os Corredores efetuem logo a inscrição, porque um dia antes desta corrida vários Corredores me mandaram mensagens perguntando se tinha como arrumar inscrições para eles correrem e muitos não conseguiram, pois informo que não sou o organizador desta corrida. Parabenizo a todos militares do efetivo do 8° GAC PQDT pelo aniversário dessa unidade grandiosa unidade militar, principalmente o Major  Caciano que ficou à frente de tudo e não mediu esforços para realizar a corrida, também parabenizo a todos que correram e agradeço a Via Rio por ter liberado o acesso para nós termos corrido na Transolímpica e até 2019.

Nos vemos na linha de largada.🏃🏃🏃

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Maratona do Rio 2018 - Relato da Ana Lousada


Por Ana Lousada
Macaé - Rio de Janeiro

E agora, um pouco mais orientada, posso escrever um cadinho sobre a maratona do Rio. Todo corredor tem um sonho de completar uma maratona, e comigo não foi diferente. Nutria esse sonho e quis realizá-lo justamente em 2018, ano  em que completo meio século de existência!!! Acontece que a maratona é uma senhora de muito respeito, e isso precisa ser levado em consideração!!!! Treino físico, alimentação, suplementação e ainda treino mental!!! Gostaria de estar melhor preparada, mas enfim, resolvo arriscar e encarar a corrida pois já tinha feito inscrição com quase seis meses de antecedência!!! O medo foi meu companheiro, antes e durante a prova!!! Recebi muitas mensagens de incentivo e isso foi fundamental!! Na largada o clima e a galera deram um toque especial...partimos....retão da Reserva e Barra da Tijuca...não acabava mais...km 16 passei mal....não queria falar aos companheiros, mas tive que confessar, não estava bem, era nítido, suando muito e com calafrios....isotônico suum (presente do Mauro Destri) castanhas e banana (Santa Danyvander B Lemgruber no km 21 dando aquela força).....elevado do Joá e Niemayer...forças um pouco recuperadas....sigo adiante com o incentivo do companheiro Eulem Lemos, descida da niemayer....paradinha no posto médico para massagem no joelho!!! No km 30, o tal muro mental que todos falam...não tem jeito...acionar o pensamento positivo é crucial...no km 36...outro muro e ainda por cima a tal da van recolhendo os zumbis e mortos vivos, me nego a entrar na van e sigo adiante....só pensava o seguinte: se desistir agora, vou ter que tentar novamente, e esse não era o plano!!! Liguei para filhotinha Stella Lousada e falei: me espera que vou chegar!!!! Ela responde eufórica dizendo que estava me aguardando!!!! Ouvir sua voz foi fundamental!!! Continuei...pessoas gritavam e batiam em minha mão....“tá chegandooooo....não desiste.....” No final de Copacabana avistei uma senhora distribuindo coca cola aos corredores, fui em sua direção, sem saber se ganharia um copo, quando ela me entregou, lágrimas desceram...agradeci e segui  em frente...faltava pouco, mas esse pouco parecia uma eternidade....entrei no Aterro e avistei os anjos Clarissa e amigos nos aguardando e sacudindo os braços...mais um cadinho e filhotinha gritando...sorriso nos lábios e forças para cruzar o portal!!! Enfim....maratonista... o tempo? É o que menos importa... EU CONSEGUI!!!!! E me orgulho disso, sem falsa modéstia!!!! Tá feito!!! Tá entregue!!! Foram 42 km e 195m de muita superação e sacrifício!!! Foi a primeira e última maratona, não quero mais...o corpo sofre horrores...só queria mesmo ter no curriculum...agora só meias maratonas e as ultras maratonas organizadas pela ASCOM!!!

Agradeço a Deus em primeiro lugar por ter me sustentado até aqui!!! Agradeço a todas as pessoas que me enviaram mensagens de apoio e motivação!!!! Vocês foram fundamentais!!! E agora??? Qual será o próximo desafio? Volta Internacional da Pampulha  em Dezembro de 2018...no momento só quero sombra e água fresca.... todos os músculos do meu corpo doem....mas a cabeça???? Ahhhh.... está  muito felizzzzzzz!!!

Parabéns Ana

Vídeo finalizando a Maratona do Rio 2018

O Desafio da Maratona do Rio de Janeiro 2018

Bom como todos já sabem a Maratona do Rio cresceu com um belo desafio, a Spiridon Eventos pode proporcionar aos apaixonados pelas longas distâncias uma experiência única e sem precedentes. A organização abriu 2 mil vagas para os Corredores disputarem o Desafio da Maratona do Rio, correndo no sábado 21 Km da Meia Maratona e no domingo os 42 Km da 16ª edição da Maratona Caixa da Cidade do Rio de Janeiro.

Sempre quis correr a Meia Maratona, mas era impossível de correr porque era no mesmo dia da Maratona e com esse novo desafio não tive dúvidas, fui inscrito para correr nos dois dias. Até mandei fazer uma camiseta especial para correr esse desafio. Na Meia Maratona corri forte, correndo os 21 Km em 1h 33min, após a prova procurei descansar o máximo possível para correr a Maratona noutro dia. Já no dia da Maratona os primeiros 21 Km também corri forte, correndo a primeira parte dos 21 Km em 1h 34 min, depois os 21 Km finais procurei manter o ritmo, terminando a maratona em 3 horas e 23 minutos e totalizando o Desafio (21K + 42K) em 4 horas 57 minutos, recebendo a 3ª medalha especial do desafio. O resultado final do Desafio fiquei na posição geral em 60º.
 A camisa e o Kit do Desafio
O primeiro dia do Desafio

O segundo dia do Desafio
Gostei de ter corrido o Desafio da Maratona do Rio. Parabenizo a Spiridon que acreditou  e realizou o evento e Parabenizo a todos que participaram. E que venha o Desafio da Maratona do Rio 2019.

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Competição nº 422 - 16ª Edição da Maratona Caixa da Cidade do Rio de Janeiro 2018

Distância: 42,195 Km;
Tempo: 3 horas 23 minutos 24 segundos;
Local: Recreio dos Bandeirantes ao Aterro do Flamengo;
Colocação Geral: 305°
Colocação Faixa Etária: 24°;
Colocação Blog/Imprensa: 2°e
 Total de Corredores: +10.000 Corredores.



No domingo do dia 03 junho 2018 as orlas das praias do Rio de Janeiro foi palco da 16ª edição da Maratona Caixa da Cidade do Rio de Janeiro, com as seguintes distâncias: 42 Km, 10 Km e 6 Km, provas realizada pela Spiridon Eventos. Não tem como ficar de fora desse belo evento, por 3 motivos: o primeiro porque foi nela que estreei em Maratonas quando a Spiridon ressuscitou ela em 2003, segundo é realizada num percurso de tirar o fôlego lindo demais e terceiro porque este ano foi realizado o Desafio da Maratona do Rio da Cidade Maravilhosa. Eu como atleta participei do Desafio da Cidade Maravilhosa correndo 21 Km no Sábado e no Domingo 42 Km.
Kit da Maratona
Para o local da largada no Recreio dos Bandeirantes fui de Uber com os amigos Estivison e Rômulo, chegamos no Recreio por volta das 5:30h da manhã, onde já havia milhares de corredores, procurei ver onde estava o guarda volumes e dessa vez não estava próximo da área vip e sim do outro lado do percurso, fui até o guarda volumes e guardei minha mochila sem dar contas que eu poderia ter guardado a minha mochila no guarda volumes da área vip, mas fica para a próxima...hehehe.
Com os amigos na largada
Um dia antes da prova os amigos olharam no site a temperatura e disseram que iria chover, já eu não costumo sofrer antecipado e disse para eles seja com chuva ou sol estarei lá correndo, para mim o tempo não é problema. O domingo amanheceu nublado, perfeito fazendo uma temperatura amena, não esquentando o que ajudou muitos corredores baixarem seus tempos. Tomei meu café da manhã na área Vip e fui dar uma aquecida já que o corpo estava frio e logo em seguida fui me alinhar na largada da área vip juntamente com os outros corredores. Liguei o meu GPS SUUNTO e liguei o meu MP3 e o danado nada de ligar, daí tentei outras vezes e o mesmo desligava putz será que tinha esquecido de carregar? Fiquei na dúvida, conclusão um dia anterior esqueci no guarda volumes e no dia da maratona corri sem ouvir músicas...putzzz...rsss. Mas corri numa boa.
E foi dada à largada
Às 7 horas em ponto foi dada à largada, procurei dividir a Maratona do Rio em 5 partes à seguir:
✓ A primeira foi quando nós corremos uns 2 Kms para trás e retornamos pelo ponto de partida, procurei largar forte;
✓ Já a segunda parte é do ponto de largada, pegando todo o retão da reserva do recreio e toda a orla da praia da barra, corri também forte no pace de 4 min e poucos segundos, contando que fechei os primeiros 21 Kms em 1 hora e 34 minutos;
✓ A terceira parte são as subidas do Túnel do Joá e da Av. Niemeyer. Por ter corrido forte no dia anterior a meia maratona e os primeiros 21 Km da maratona o corpo ficou um pouco esgotado, na subida do túnel do Joá subi devagar e antes do túnel fiz o número 1 rapidamente e voltei a correr, já na subida da Av. Niemeyer dei uma andada de uns 100 metros e os amigos da Equipe Rocinha (Duzza e Marcos) estavam apoiando os amigos corredores e me deram tangerina obrigado e depois retornei a correr recuperando o ritmo;
✓ A quarta parte da prova foi o bairros do Leblon, Ipanema, Copacabana e Botafogo, já nesses bairros com o percurso plano mesmo cansado do dia anterior procurei dar o máximo de mim e também tinha muita gente apoiando os corredores quando passavam correndo que ajudou muito no psicológico, infelizmente também vi muitos corredores burlando a prova entrando para correr nesses locais;
✓ A quinta parte e última quando entrei no Aterro do Flamengo para finalizar a prova onde também tinha vários corredores e familiares apoiando os corredores também. Quando vi o pórtico de chegada e a galera gritando o meu nome dei aquele sprint final fechando os 42 Km em 3h 23min com o objetivo alcançado, pois pensei que iria finalizar com maior tempo.
Segue minhas parciais por Km:
01° Km4 min 13 seg;
05° Km4 min 26 seg - 21 min 14 seg;
10° Km4 min 19 seg - 43 min 9 seg; 
15° Km4 min 28 seg - 1 hora 05 min;
21° Km4 min 35 seg - 1 hora 34 min;
30° Km4 min 23 seg - 2 horas 20 min; e
42° Km4 min 35 seg - 3 horas 23 min 30 seg.
Ainda no Recreio fazendo o retorno
Passando pelo Leblon
Passando por Copacabana
Sprint final e os amigos dando uma força
Finalizando a prova
Com as 3 medalhas do Desafio da Maratona do Rio
Avaliação da Prova:
Inscrição: R$ 150,00 reais. A minha foi gratuita...Ponto positivo;
Kit: O kit foi distribuído para a Equipe Imprensa 4 dias antes do evento numa coletiva para a imprensa no Bondinho Pão de Açúcar e para os demais corredores 3 dias antes da prova no Centro de Convenção Sul América no Bairro Cidade Nova. Recebi: 1 sacolinha de pano, 1 camisa de dry fit, 1 número de peito com o Chip descartável colado atrás do número, 4 alfinetes, 1 saco plástico grande para guardar os nossos pertences no guarda volumes, 1 sabonete e alguns panfletos informativos sobre a prova. Pois a entrega na coletiva de imprensa para mim foi de forma rápida, não tendo nenhum problemas na retirada...Ponto positivo...Porém como no primeiro dia da entrega do kit para foi feriado o pessoal que tirou o kit no Centro de Convenções Sul América no primeiro e segundo dia demoraram para retirar os seus kits formando longas filas, sugiro a organização que coloquem mais guichês para a retirada;
Guarda volumes: A organização disponibilizou na largada vários ônibus enumerados para guardar os nossos pertences. Os corredores já entregavam o saco plástico lacrado aos Staffs e o mesmos escreviam os nossos números de peito no saco plástico e guardavam. Ao resgatar a minha mochila o Staff nos pedia o pequeno número colocado no número de peito, pegavam os nossos pertences e nos entregavam. Tanto na entrega como na devolução não tive problemas algum...Ponto positivo;
Altimetria da prova: Leve, apenas com duas leves subidas no túnel do Joá da Barra da Tijuca e na Av. Niemeyer...Ponto positivo;
Percurso da prova: Um belo visual de tirar o fôlego, pois largamos na Praia do Recreio onde fomos correndo ida e volta até a Praia da Macumba uns 3 Kms e retornamos pelo outro lado do pórtico de largada, passamos correndo pela Reserva do Recreio, Barra da Tijuca, São Conrado, Av. Niemeyer, Leblon, Ipanema, Copacabana, Botafogo e finalizando no Aterro do Flamengo. Durante o percurso teve as placas de Kms da Maratona e também para quem estava correndo o Desafio da Maratona, o trânsito foi fechado pela Guarda Municipal, durante o percurso tinha vários staffs...Ponto positivo;
Posto de hidratação: A organização disponibilizou área vip para os Corredores de Elite e Convidados com um água, sucos e café. Durante o percurso disponibilizou vários postos de água com copos e garrafas dágua de 500ml e distribuição de gatorade gelados em copos abertos, não tive problemas com os pontos de hidratação...Ponto positivo. Mas sugiro a organização que na próxima edição se for colocar garrafas que coloque garrafas menores e não as de 500 ml para não haver desperdício de água;
Posto médico: A organização da prova disponibilizou na largada, durante o percurso e na chegada várias ambulâncias com médicos e enfermeiros...Ponto positivo;
Banheiros: A organização disponibilizou vários banheiros químicos, na largada, no percurso e na chegada, como cheguei cedo não tive problemas...Ponto positivo...Mas como a prova cresceu muito  a quantidade enorme de banheiros na largada ficou pequena com imensas filas e foi um festival de corredores mijando e cagando nas areias da Praia do Recreio, bom não sei o que a organização fará para a próxima edição, mas espero que seja solucionado;
Lanche: A organização disponibilizou na área vip na largada e chegada para os Corredores de Elite e convidados com um ótimo café da manhã, com pães, bolos, frutas, água, sucos e café. A concluirmos a prova a recebemos 01 sacola pequena plástica contendo 1 banana, 1 barra de cereal, 2 garrafas dágua e 1 garrafa de gatorade...Ponto positivo;
Medalha de participação: Todos os atletas que cruzaram a linha de chegada de forma legal, e e para quem correu o Desafio da Maratona receberam dois lindos medalhões de metal pesado. No medalhão de participação na frente vindo escrito o nome da prova, gravado 42 Km, FINISHER 2018, o desenho do Pão de Açúcar, atrás vindo escrito os nomes dos patrocinadores da prova e vindo com uma linda fita personalizada com o nome da prova, vale ressaltar que quem participou do Desafio da Maratona recebeu outro lindo medalhão de metal na frente vindo escrito o nome da prova, gravado 42 K + 21 K, FINISHER 2018, o desenho do Pão de Açúcar, atrás vindo escrito os nomes dos patrocinadores da prova e vindo com uma linda fita personalizada com o nome da prova...Ponto positivo;
Premiação da prova: A organização premiou os 10 primeiros colocados na geral no Masculino e Feminino com lindos troféus e dinheiro...Ponto positivo;
Premiação na Faixa Etária: Por causa de certos corredores que burlam a prova a organização não faz premiação dos 3 primeiros colocados das faixas etárias no Masculino e Feminino de 5 em 5 anos com troféus e dinheiro no mesmo dia, somente depois de tudo apurado a organização envia a premiação pelos Correios...Ponto positivo;
Resultado da prova: A prova foi cronometrada pela Chiptiming e o resultado encontra-se no site...Ponto positivo; e
Prova: O que falar dessa prova, já são 16 anos correndo essa prova, foi nela que estreei e não tem como deixar de correr a mesma, sem contar que partir deste ano deu início ao novo Desafio da Maratona do Rio, pois a mesma tem um visual de tirar o fôlego e para quem ainda não correu essa prova recomendo a todos correrem. Agradeço ao João Traven (Spiridon Eventos) a Fernanda Villas  e Camila Coimbra  (Agência In Press Media Guide) pelo apoio e por nos proporcionar uma prova fantástica que a cada ano vem crescendo e nota ZERO para os corredores que burlaram a prova não correndo todo o percurso da prova. Não aguenta correr 42 Km ou seja qualquer distância não burle faça que nem eu e muitos que suam a camisa no dia a dia, treine firme que conseguirá.

Nos vemos na próxima linha de largada.🏃🏃🏃